domingo, 18 de julho de 2010

A FÉ QUE VENCE O MUNDO


A fé que vence o mundo/Por: Petros Paiva

o que vai fazer a diferença entre quem crêr em Deus e quem não crê é a maneira como este alguém se comporta diante dos obstaculos da vida.
crêr em Deus é comfiar na sua palavra incondicionalmenete, incondicionalmente quer dizer; mesmo quando as coisas ao redor estão fora de armonia com aquilo que a palavra diz é preciso pecistir em confiar na palavra. eu sempre ouvi um pregador americanno dizer: o que se passa a nossa volta são apenas fatos, fatos estes que estão sempre a mudar(sm 30.5), mas apalavra é muito mais que um fato ela é a verdade, isto é; ela é de natureza espiritual o que faz dela imutável e capaz de mudar os fatos em nossa volta.
1joão 5.4: porque todo que é nascido de Deus vence o mundo; esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.
o diabo não pode atacar diretamente o nosso homem interior, ele procura nos atingir fisicamente, pois sabe que fazendo assim, poderá tambem atigir o terreno da nossas emoções que é a nossa alma, dependendo do nossa atitude com respeito a isso, ele conssegue finalmente chegar ao tão sonhado alvo; nosso verdadeiro eu ou homem interior.
isso fuciona como uma balança, ou o espiritual detem o poder sobre o natural ou o natural detem o poder sobre o espiritual. O que quero dizer com isso é que: da mesma forma que o diabo através de coisas naturais; dependendo da posição que tomammos, pode exercer influência sobre o nosso espirito, também nós através da palavra-que é a espada do espirito, podemos mudar circunstâncias exercendo total dominio sobre elas através do poder da fé (mc 11.23).

sexta-feira, 16 de julho de 2010

SAINDO DA ROTINA


SAINDO DA ROTINA

EF 4.23-24:
E VOS RENOVEIS NO ESPÍRITO DO VOSSO SENTIDO; E VOS REVISTAIS DO NOVO HOMEM, QUE, SEGUNDO DEUS, É CRIADO EM VERDADE JUSTIÇA E SANTIDADE.

O HOMEM NATURAL É UM SER ADAPTÁVEL

O ser humano é um ser adaptável, ou seja, a sua mente se habitua a um padrão de vida baseado na cultura e nos costumes do lugar onde ele vive.
Para uma criança que nasce em um país islâmico é normal ver alguém colocar bombas em seu corpo e morrer em nome de Alá o seu deus. Agora imagine como seria para uma criança que recebeu uma educação cristã onde se ensina a preservar a vida do ser humano, presenciar a mesma cena.
Essa criança terá um choque em sua mente, isso se deve ao fato de que a sua mente não foi educada conforme os mesmos padrões de vida que a outra criança fora educada.
Esse choque sempre acontece quando duas realidades opostas batem de frente uma com a outra, mas com o passar do tempo, automaticamente a mente humana se habituará ao padrão de vida oferecido pelo ambiente no qual está convivendo.

O HOMEM É UM SER CONDICIONAL

Afinal de contas o homem natural é um ser condicional e antes de fazer qualquer coisa, automaticamente a sua mente lhe pede uma condição pela qual ele possa fazê-la, ou seja; ela sempre espera uma ação para depois reagir.
Nosso homem natural primeiro exige ser amado para depois amar, ele nunca tem a iniciativa de presentear sem antes ter sido presenteado. Alguém deseja fazer um curso de medicina, mas ao analisar as condições necessárias para a realização de seu desejo ele ver que precisa de mais recursos do que possuí, naquele momento a sua mente usa a realidade da situação para impedir o seu desejo, o limitando a sua condição natural.

UM NOVO HOMEM

Esta é a rotina de todo homem natural, que faz dele um ser previsível e limitado por condições visíveis, ou seja; ele só consegue chegar até onde a sua mente e seus sentidos físicos o mostra ser possível chegar.
Até agora temos exposto as características e a rotina de um homem natural para que você possa entender os princípios que regem a vida de um homem espiritual.

Cristo nos atraiu para o pai, e nos habilitou com uma nova natureza: a sua própria natureza; fazendo de nós homens segundo o seu caráter, que são capazes de ir além das condições naturais, e ultrapassarem os limites estabelecidos em suas mentes.
Esse novo homem anda na contramão da rotina do velho homem, o que faz dele um ser incondicional, imprevisível e ilimitado, mas para que esse novo padrão de vida possa ser plenamente desfrutado, é preciso que ele deixe para trás a velha consciência baseada na sabedoria dos homens, e se encha de uma nova consciência baseada na sabedoria de Deus, inspirada por princípios espirituais que por sua vez são eternos.

Artigo publicado por: Petronilson (Petros) Ni lson_ador@hotmail.com

UM LUGAR DE DESCANÇO

HÁ UM LUGAR DE DESCANSO

Ao criar o homem, Deus o colocou em um lugar chamado Éden, um imenso jardim cheio de riquezas e pedras preciosas, uma terra fértil que produzia em abundância todo o tipo de mantimento.
Aquele jardim era um lugar onde o homem podia desfrutar de segurança e habitar em paz, sem ter que estar ansioso quanto a sua provisão.
Além de tudo isso o homem poderia se sentir completo e realizado, porque todos os dias o homem podia desfrutar de uma comunhão com o seu criador e o adorar face a face.

Diante da visão deste lugar eu tenho certeza que alguém deve estar se perguntando:
-O que houve com este lugar?
-Nos nossos dias este lugar seria o lugar perfeito para se estar.

Mas diante dessa pergunta eu quero lhe animar e lhe dizer que esse lugar foi feito pra você, e que esse é o lugar onde Deus deseja que você habite, por isso mesmo ele não o destruiu, mas antes o reservou para ser manifestado em uma nova aliança.

Este lugar ainda existe:

Quando Deus criou o homem, o fez um ser espiritual capaz de perceber a existência de seu reino, um reino espiritual, onde estão guardadas as suas benção, mas com o despertar do homem mental e por conta dos seus sentidos naturais, o homem se tornou cego quanto às verdades espirituais, atentando apenas pra o que pode ser visto por seus olhos ou sentido pelo toque de suas mãos.
Foi essa atitude de incredulidade que levou o homem a viver uma vida limitada ao mundo físico, não podendo assim alcançar a bênção de um lugar espiritual.

Durante toda a antiga aliança as pessoas estavam cegas quanto à existência deste lugar, e ainda hoje as pessoas estão o procurando na dimensão de suas mentes, buscando uma influência visível para viver em paz, alegria e realização, quando na verdade estas coisas não estão localizadas entre os caminhos do mundo físico, mas sim no contraste de uma dimensão invisível que só pode ser explorada pelo nosso homem interior, que guiado pelo Espírito santo é levado às portas de um novo Éden, um Éden espiritual, incorruptível, e por isso eterno.
POR PETROS(NILSON_ADOR@HOTMAIL.COM)

domingo, 4 de julho de 2010


Se aventurando em Deus

A cada manhã precisamos despertar a nossa consciência para aquilo que o senhor é e tem feito em nossas vidas. Depois que a nossa mente e coração estiverem cheios dessa consciência, já não será tão difícil o adorar, então não haverá mais desculpas para não devocionar nossas vidas a ele.
Eu sempre escuto as pessoas dizerem:
-Deve ser muito chato ler a bíblia
Ou então:
-Deve ser muito chato orar
Mas ninguém pode dizer se alguma coisa de fato é boa ou má, sem que antes não tenha provado; este é o julgamento que fazemos com as coisas naturais e através dele podemos questionar a veracidade de tudo aquilo que vem as nossas mãos.
Quando Deus nos exorta a buscá-lo, não é pensando em se promover através de nossas vidas, muito pelo contrario, nós quem somos beneficiados por buscá-lo. Todo tempo gasto para consagração de nossas vidas ao pai não é tempo desperdiçado, mas sim um investimento que trará lucro para nossas vidas.

Se as pessoas soubessem quem é Deus em toda sua essência, elas o buscariam intensamente, pois saberiam que a vida com Deus não se resume a pratica de uma religião e sua rotina cansativa, mas sim a uma aventura incrível,que é; romper os limites do natural e viver o sobrenatural através da fé.

Por: petros Paiva (I.E.V.V. Monteiro PB)